quinta-feira, 29 de novembro de 2007

Os intelectuais e o gramscismo no Brasil

"...Assim, neste clima de desilusão com a luta armada (uma típica visão da orientação leninista do PCB), aparece Gramsci com uma nova solução para os problemas revolucionários: não há necessidade de lutarmos (no sentido bélico do termo), basta nós conquistarmos (o que Gramsci chamou de guerra de posições) as posições da classe dominante e formarmos o consenso. Assim, subvertendo toda a orientação dos intelectuais comunistas brasileiros (versados no marxismo-leninismo e fazendo acontecer o previsto em seu livro “Estado e Revolução”) aparecem novos intelectuais interessados em re-pensar o marxismo no Brasil. Deste modo, Gramsci aparece como um salvador da política da esquerda nas décadas de 60-70 e ainda nos tempos atuais."


Leia o post completo em : Ação Humana


Fonte: Ação Humana

Um comentário:

Guilherme disse...

Atravessador Literário,

Valeu pela citação. Espero que este texto não tenha erros, pois estou me dando o trabalho de revisar um por um dos textos postados no Ação Humana,

Abraços, Guilherme